Letras de músicas - Letras.mus.br

Lavado Pelo Sangue (part. Wlad Borges)

3 um Só

Uh, Lavado pelo sangue, pelo fiel cordeiro
Amado pela Gangue, por quem não é herdeiro
A rua foi quem me ensinou ter coração de gelo
A fuga foi quem me livrou sem escutar conselhos
Me vi no desespero, desconhecendo a calma
Eu vim do gueto memo, vim carregando os trauma
Se eles penssaram que iam me ver dentro de uma jaula
cadeia é foda ladrão, e la não é minha fauna
Meu eu deseja gozar de golf e banco de couro
disposição pra chegar que até o signo é de touro
Eu vim da selva de pedra onde as onça vale ouro
substância mau difundida que compõe o meu soro
Depois de usar o veneno causa o efeito em mim
To de cima na contenção esperando a Val no radin
Pode subir na intenção de conseguir o meu fim
É mais de mil que ta comigo, e eu não morro sózin

O crime oferece um mundo que hoje em dia não me serve mais
Sonho com isso sendo o certo, pois o certo não traria paz
Gerou ódio e dor, sofri muito mais
perante a guerra aqui estou
Lavado pelo Sangue

Mais uma vez o sangue de jesus escorre na face
fazendo cocu sentir as navalhas da carne
Em meio a este submundo sem gloria e sem classe
A mãe do filho no culto e o filho da mãe ta no crack
Pra quem falava de amor, ostenta a grana no cofre
Quer conhecer meu valor num inventa nem passo trote
Se esse meu ódio e rancor vem com a pólvora da glock
só não compara quem sou, com arrogância do bope
Mesmo com as injustiças que sofri perante o medo
Sobrevivi com minha alma lavada por dentro
Meu sangue quente é ardente visível em meus olhos
Se o mundo mente, minha mente encapa em linóleo
Quantos que foi pra grupo, nunca o de Iscariotes
Quantos ficaram em luto, sentindo a dor dos fortes
Me diz quem acha justo ter o cu levando choque
Quem quer colher esse fruto, no susto, apega com a Nove

O crime oferece um mundo que hoje em dia não me serve mais
Sonho com isso sendo o certo, pois o certo não traria paz
Gerou ódio e dor, sofri muito mais
perante a guerra aqui estou
Lavado pelo Sangue

Que às vezes sabe onde chegar
Já senti o gosto do desgosto porque eu quis degustar
Enquanto muitos almeja algo que não vai chegar
Pra que sonhar com surpresas se é melhor ir buscar
Da rua um rei da sem lei de balaclava e matraca
Quem ta comigo eu sei, sem precisar dizer nada
Psico serve pra fisgar quem tá na má intenção
Dinheiro é só pra separar quem é irmão e quem não
Sofrimento faz lembrar quem sonha e quem se fode
Quem se arrisca perdi a vida em busca dos malote
Eu só queria ver minha mãe um dia de madame
E não na fila do hospital correndo atrás do exame
Já que seis que a minha vida, então beba meu sangue
Entrego tudo nessa porra e não quero outra chance
A minha honra transparece ódio em meu semblante
E peço a Deus que lave com seu próprio sangue

O crime oferece um mundo que hoje em dia não me serve mais
Sonho com isso sendo o certo, pois o certo não traria paz
Gerou ódio e dor, sofri muito mais
perante a guerra aqui estou
Lavado pelo Sangue

3.162 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais