Tarja Preta

3030

Querem me internar, mas sua camisa de força já não pode me conter (não)
Já que vão me internar, peguei minha garrafa e fugi pra beber (na reabilitação)
Querem me internar, mas sua camisa de força já não pode me conter (não)
Já que vão me internar, eu peguei minha garrafa e fugi pra beber (na reabilitação)

Han, peguei a garrafa melhor, se vão me trancar no inferno eu vou fazer ele melhor
Tenta pra ver que eu, vou fugir de lá na maior, ou te trago comigo pro pico hoje eu quero um indoor contigo e
Vem pro meu mundo pra tu conhecer a loucura de perto, han
Aqui nesse mundo a camisa de força é o que eu uso de terno, an-
Tigo na arte de ser mais maluco entre os loucos mais louco no mundo perdido e achado de novo não diferencio o errado do certo, haannnn
Hahahahaha, tentaram me internar mas eu volto alcoolizado de maçã
Verde é o remédio pra cura do incurável, duas doses diárias de manhã

Já dei o papo no garçom, eu te adianto os ret tu enche a mesa de chandon
Eu puxei pro asfalto, fugi da reabilitação
Traz os drinks dos muleques que nos queima a babylon
Um brinde pro irmãos, dois trago no marrom
Uma sessão de som, da meu copo que já era
Saidera acho que não, outro brinde pros irmão
Desce logo boladão, dá um tapa na pantera
Espera que ainda tá longe do fim, no copo tem suco e gin
Tá ficando bom pra mim, traz whisky pra trincar, caipirinha pra gogrin
Cachaça pros magrin, e se continua assim, eu acho que vou ficar
Que ainda tá longe do fim, no copo tem suco e gin
Tá ficando bom pra mim, põe whisky pra trincar, caipirinha pra gogrin
Cachaça pros magrin, e se continua assim, eu acho que vou ficar ein

Querem me internar, mas sua camisa de força já não pode me conter (não)
Já que vão me internar, peguei minha garrafa e fugi pra beber (na reabilitação)
Querem me internar, mas sua camisa de força já não pode me conter (não)
Já que vão me internar, peguei minha garrafa e fugi pra beber (na reabilitação)

Dizem que tô louco, que perdi a moral e a consciência
Que não sei medir as consequências, o processo é lento, então paciência
Quero uma mina com competência, se ajoelhou, não tem desistência
Se quiser pode chamar aquela sua amiga boa pra te dar uma assistência
Uh, enche meu copo ninguém aqui tá sóbrio e eu é que não vou ficar
Se tá achando que to malucão, tem que ver como eu vou ficar
Querem me internar, mas não vão conseguir
Me põe nessa porra eu consigo fugir
A culpa é do alcool eu não poso mentir
A mina tua nua e eu querendo despir
Eu, tô com os mais locão, só quero kadvo no copo
Mina vem servir, servir, que eu
To com os mais locão, preparado pra sessão, vem pra fuga, mina vem, vem

Que eu, me encontro igual sadan hussen, mina
Junta nossos explosivo e faz um big bang, ainda bem
Tive que chamar o raul, urghl
Tava empapuçado já de cachaça pitu, fala pra tu
Nego adora me trancar num quarto sujo
Mas aos 47 do segundo eu sempre fujo, e nem me sujo
Não é que eu não goste, é que eu detesto
Abri fuga pela porta principal do pedro ernesto, eu não presto
É que vazo ruim não quebra, sangue ruim não coagula
Drogarias qshó, meu rap é sua bula
E é indicado pros doidão e pras doidona
E a contra indicação é ouvir som da madonna e ser cafona
E o manicômio ? as vezes me instalo por lá ainda
To com o quarto reservado, número 3.030

Querem me internar, mas sua camisa de força já não pode me conter (não)
Já que vão me internar, peguei minha garrafa e fugi pra beber (na reabilitação)
Querem me internar, mas sua camisa de força já não pode me conter (não)
Já que vão me internar, peguei minha garrafa e fugi pra beber (na reabilitação)

26.182 exibições
Ver mais fotos

Comentários


Quem curte?

Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais