Santa Luzia

Abel e Caim

exibições 43.305

"Há muitos anos passados
No mundo existia
Uma jovem encantadora
O seu nome era Luzia
Um moço apaixonado
Casar com ela queria
Com carinho foi dizendo
Que lindos olhos tens
Eu quero seu amor
E seus lindos olhos também
Mas Luzia respondeu
Esses olhos são teus
Mas casar não me convém"

Disse ela para o jovem
Eu não desprezo o amor
Porque é graça divina
Que no mundo Deus deixou
Se você quiser meus olhos
E achar que tem valor
Neste caso é diferente
Pegue eles de presente
Pra consolar sua dor

Vendo ela arrancar os olhos
Pensou que estava fingindo
E virou-se para ele
foi entregando sorrindo
E o rapaz foi pegando
Com as lágrimas caindo
Quando olhou para Luzia
Em seu olhos ele via
Outros dois olhos mais lindos

Pôs o joelho no chão
Disse o jovem apaixonado
Perdoe-me Santa Luzia
Eu bem sei que estou errado
Peço pra Nosso Senhor
Perdoai o meu pecado
Perdoe-me Santa bondosa
Por eu cobiçar uma rosa
Que era do reino sagrado

O rapaz foi perdoado
Ouvindo a Santa dizer
O amor não é pecado
Você pegou sem saber
Seu pedido não atendo
Não posso lhe pertencer
Mas tenha fé em Jesus
Que terá a minha luz
Pra sempre lhe proteger

Composição: Yolanddo Mondini / Dorival Teixeira · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Gunners
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.
Terra Música
feedback