Year Of The Cat

Al Stewart

exibições 30.411

Year Of The Cat

On a morning from a Bogart movie
In a country where they turn back time
You go strolling through the crowd like Peter Lorre
Contemplating a crime
She comes out of the sun in a silk dress running
Like a watercolour in the rain
Don't bother asking for explanations
She'll just tell you that she came
In the year of the cat

She doesn't give you time for questions
As she locks up your arm in hers
And you follow 'till your sense of which direction
Completely disappears
By the blue tiled walls near the market stalls
There's a hidden door she leads you to
These days, she says, I feel my life
Just like a river running through
The year of the cat

Well, she looks at you so cooly
And her eyes shine like the moon in the sea
She comes in incense and patchouli
So you take her, to find what's waiting inside
The year of the cat

Well, morning comes and you're still with her
And the bus and the tourists are gone
And you've thrown away the choice and lost your ticket
So you have to stay on
But the drum-beat strains of the night remain
In the rhythm of the new-born day
I know sometimes you're bound to leave her
But for now you're going to stay
In the year of the cat

Ano Do Gato

Em uma manhã de um filme de Bogart
Em um país aonde fazem o tempo voltar
Você vai andando através da multidão como Peter Lorre
Contemplando um crime
Ela sai do sol correndo em um vestido de seda
Como uma pintura na chuva
Não se incomoda em pedir por explicações
Ela só te dirá que veio
No ano do gato

Ela não dá te tempo para perguntas
Enquanto te imobiliza nos braços nos dela
E você segue até que seu senso de direção
Desaparece completamente
E na parede azul perto das bancas do mercado
Há uma porta escondida pela qual ela te leva
Esses dias, ela fala, eu sinto minha vida.
Como um rio correndo através do
Ano do gato

Ela olha par você desinteressada
E os olhos dela brilham como a lua no mar
Ela vem em incenso e patchoulí
Então você a leva, para ver o que está esperando lá dentro do
Ano do gato

E a manhã chega e você ainda está com ela
E o ônibus e os turistas foram embora
Você jogou a escolha fora e perdeu sua passagem
Então você tem que ficar
Mas a batidada da noite continua soando
No ritmo do dia recém-nascido
Você sabe que um dia você está confinado a deixá-la
Mas por agora você vai ficar
No ano do gato

Composição: Al Stewart / Peter Wood · Esse não é o compositor? Nos avise.
Traduzida por nono, Legendado por Ronaldo e DheRLaN
Viu algum erro na tradução? Envie sua correção.
Terra Música feedback