exibições 117.693

Offer

Who, who am I to be blue
Look at my family and fortune?
Look at my friends and my house?

Who, who am I to feel dead?
And, who am I to feel spent?
Look at my health and my money

And where, where do I go to feel good?
Why do I still look outside me?
When clearly I've seen it won't work?

Is it my calling to keep on when I'm unable?
Is it my job to be selfless extraordinaire?
And my generosity has me disabled by this
My sense of duty to offer

And why, why do I feel so ungrateful?
Me, who is far beyond survival
Me, who's seen life as an oyster

Is it my calling to keep on when I'm unable?
Is it my job to be selfless extraordinaire?
And my generousity has me disabled by this
My sense of duty to offer

And how, how dare I rest on my laurels?
How dare I ignore an outstretched hand?
How dare I ignore a third world country?

Is it my calling to keep on when I'm unable?
Is it my job to be selfless extraordinaire?
And my generousity has me disabled by this
My sense of duty to offer

Who, who am I to be blue?

Oferta

Quem, quem sou eu para me sentir triste?
Olhe minha família e sucesso
Olhe meus amigos e minha casa

Quem, quem sou eu para me sentir sem vida?
E quem sou eu para me sentir esgotada?
Olhe para minha saúde e meu dinheiro

E onde, onde eu vou para me sentir bem?
Por que eu ainda procuro fora de mim?
Já que claramente vi que isso não resolve nada

É dever meu continuar quando já não mais consigo?
E é meu ofício ser extraordinariamente altruísta?
E minha generosidade me incapacita por isso
Meu senso do dever de oferecer

E por que, por que eu me sinto tão ingrata?
Logo eu, que vou bem além da sobrevivência
Logo eu, que via a vida como uma ostra

É dever meu continuar quando já não mais consigo?
E é meu ofício ser extraordinariamente altruísta?
E minha generosidade me incapacita por isso
Meu senso do dever de oferecer

E como ouso descansar por ter "feito o bastante"?
Como ouso ignorar uma mão estendida?
Como ouso ignorar um país de terceiro mundo?

É dever meu continuar quando já não mais consigo?
E é meu ofício ser extraordinariamente altruísta?
E minha generosidade me incapacita por isso
Meu senso do dever de oferecer

Quem? Quem sou eu para me sentir triste?

Terra Música
feedback