Canta Corazón

Alejandro Fernandez

exibições 91.554

Canta Corazón

Canta Corazón
Que mis ojos ya la vieron por aquí,
Que he soñado con su risa, que he pasado por su casa,
Que ha venido porque quiere ser felíz.

Canta Corazón
Que el amor de mis amores ya esta aquí,
Que he guardado en cada carta, que escribí con las palabras,
Que sembraste en cada beso que te dí.

Y con el tiempo te pensaba aferrada a mis manos,
Y con la lluvia consolaba tu ausencia en los años,
Y con el tiempo yo sabía que algun día,
Morirías por volver.

Te lo dije cantando,
Te lo dije de frente,
Que volverías conmigo,
Volverías porque no quieres perderme.

Te lo dije cantando,
Te lo dije de frente,
Que sin mis besos no puedes empezar una mañana,
Y sacarme de tu vida, y de tu mente.

Canta Corazón
Que en la vida estaba escrito que ella y yo,
Eramos abril y marzo,
Una gota en el desierto,
Que ibamos a estar tan juntos como la luna y el sol.

Y con el tiempo te pensaba aferrada a mis manos,
Y con la lluvia consolaba tu ausencia en los años,
Y con el tiempo yo sabía que algun día,
Morirías por volver.

Te lo dije cantando,
Te lo dije de frente,
Que volverías conmigo,
Volverías porque no quieres perderme.

Te lo dije cantando,
Te lo dije de frente,
Que sin mis besos no puedes empezar una mañana,
Y sacarme de tu vida, y de tu mente.

Canta Coração

Canta coração
Que meus olhos já a viram por aqui,
Que sonhei com sua risada, que passei por sua casa,
Que veio porque quer ser feliz.

Canta coração
Que o amor de meus amores já está aqui,
Que guardei em cada carta, que escrevi com as palavras,
Que semeastes em cada beijo que lhe dei.

E com o tempo eu pensava agarrada a minhas mãos
E com a chuva consolava sua ausência pelos anos,
E com o tempo eu sabia que algum dia,
Morreria por voltar.

Te falei cantando,
Te disse de frente,
Que voltarias comigo,
Voltarias porque não quer me perder.

Te falei cantando,
Te disse de frente,
Que sem meus beijos não podes começar uma manhã,
E tirar-me de tua vida e de tua mente.

Canta coração
Que na vida estava escrito que ela e eu,
Éramos abril e março,
Uma gota no deserto,
Que íamos estar tão juntos como a lua e o sol.

E com o tempo eu pensava agarrada a minhas mãos
E com a chuva consolava sua ausência pelos anos,
E com o tempo eu sabia que algum dia,
Morreria por voltar.

Te falei cantando,
Te disse de frente,
Que voltaria comigo,
Voltarias porque não quer me perder.

Te falei cantando,
Te disse de frente,
Que sem meus beijos não podes começar uma manhã,
E tirar-me de tua vida, e de tua mente.

Terra Música
feedback