Devagar

Almir Rouche

exibições 265

Quem for feliz no amor que levante o dedo
E me responda sem medo se verdade for
Quem já bebeu dessa água e banhou-se no rio
Sabe o gosto que sentiu, a marca que ficou
Quando a paixão corre fundo por dentro da gente
Tantas são as ilusões para um só sonhador
Enquanto a cabeça não sabe o que o coração sente
Navega o corpo vadio em mares de amor

Devagar que o santo é de barro, devagar ele pode cair
Devagar que o santo é de barro, devagar ele pode cair

Terra Música feedback