Finjo Ser o Que Não Sou

alt.tude

Pra onde devo correr, Aonde vou pra tentar esquecer
Aqueles dias em que sorrimos
Naquele inverno talvez o frio lá fora matou meu coração
A hipotermia invadiu minhas veias e com um sopro cai na escuridão
( Na escuridão...)

E agora nada pra mim mais importa
Sai de casa sem as horas só pra tentar esquecer você
Me lembro daquele nossos bons momentos que se apagaram com o tempo
Me deixe decifrar o que eu sinto por você

E descartar tudo que passou
Aquela musica não ira mais tocar
Ignorar tudo que vivi aqui

Lembranças de um mundo que desejo esquecer
Caminhos ocultos comecei a seguir
De nada vale se os teus olhos não estão aqui

(Vai...)

Eu não vou mais escutar (Eu não vou mais escutar...)
Nem parar pra dizer ( Nem parar pra dizer...)
Aqueles versos que escrevi naquela tarde pra você
São Feridas que o tempo não conseguiu curar
Vou Reaprender, a Viver, sem o teu olhar...

( houuuouuuu...)

E agora nada pra mim mais importa
Sai de casa sem as horas só pra tentar esquecer você
Me lembro daquele nossos bons momentos que se apagaram com o tempo
Me deixe decifrar o que eu sinto por você
( por você...)

E agora nada pra mim mais importa...
Sai de casa sem as horas só pra tentar esquecer você
Me lembro daquele nossos bons momentos que se apagaram com o tempo
Me deixe decifrar o que eu sinto por você
( por você...)

Por você...

491 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais