A Horse With No Name

America

exibições 219.135

A Horse With No Name

On the first part of the journey I was looking at all the life
There were plants and birds and rocks and things
There was sand and hills and rings
The first thing I met was a fly with a buzz
And the sky with no clouds
The heat was hot and the ground was dry
But the air was full of sound

I've been through the desert on a horse with no name
It felt good to be out of the rain
In the desert you can't remember your name
'Cause there ain't no one for to give you no pain
La, la, la, la, la, la, la, la, la
La, la, la, la, la, la, la, la, la

After two days in the desert sun my skin began to turn red
After three days in the desert fun, I was looking at a river bed
And the story it told of a river that flowed
Made me sad to think it was dead

You see I've been through the desert on a horse with no name
It felt good to be out of the rain
In the desert you can't remember your name
'Cause there ain't no one for to give you no pain
La, la, la, la, la, la, la, la, la
La, la, la, la, la, la, la, la, la

After nine days I let the horse run free 'cause the desert had turned to sea
There were plants and birds and rocks and things
There was sand and hills and rings
The ocean is a desert with its life underground
And a perfect disguise above
Under the cities lies a heart made of ground
But the humans will give no love

You see, I've been through the desert on a horse with no name
It felt good to be out of the rain
In the desert you can't remember your name
'Cause there ain't no one for to give you no pain
La, la, la, la, la, la, la, la, la
La, la, la, la, la, la, la, la
La, la, la, la, la, la, la, la

Um Cavalo Sem Nome

Na primeira parte da jornada eu olhava para toda a vida
Havia plantas e pássaros e pedras e coisas
Havia areia e montanhas e anéis
A primeira coisa que eu encontrei foi uma mosca zumbindo
E o céu sem nuvens
O calor estava forte e o chão estava seco
Mas o ar estava cheio de som

Estive pelo deserto em um cavalo sem nome
Foi bom estar fora da chuva
No deserto você não consegue lembrar o seu nome
Porque não há ninguém para te causar dor
La, la, la, la, la, la, la, la, la
La, la, la, la, la, la, la, la, la

Depois de dois dias sob o sol do deserto minha pele começou a ficar vermelha
Depois de três dias na diversão do deserto, eu estava olhando para o leito de um rio
E a história contava de um rio que fluía
Me deixou triste pensar que ele estava morto

Veja, eu atravessei o deserto num cavalo sem nome
Foi bom estar fora da chuva
No deserto você não consegue lembrar o seu nome
Porque lá não há ninguém para te causar dor
La, la, la, la, la, la, la, la, la
La, la, la, la, la, la, la, la, la

Depois de nove dias eu deixei o cavalo correr livre porque o deserto tinha virado mar
Havia plantas e pássaros e pedras e coisas
Havia areia e montanhas e anéis
O oceano é um deserto com sua vida submersa
E o disfarce perfeito acima
Sob as cidades há um coração feito de chão
Mas os humanos não darão amor

Veja, eu atravessei o deserto num cavalo sem nome
Foi bom estar fora da chuva
No deserto você não consegue lembrar o seu nome
Porque lá não há ninguém para te causar dor
La, la, la, la, la, la, la, la, la
La, la, la, la, la, la, la, la, la
La, la, la, la, la, la, la, la, la

0 comentários
Terra Música feedback