Pobre Tu Alma

Anahí

exibições 99.352

Pobre Tu Alma

Tú tienes problemas, lo sé
Dices mi nombre al revés.
Si llego, ya te vas
Te llevas lo que das.

Tú dices mañana y es hoy
Harta de amarte ya estoy
Tan dulce y tan fatal,
miel con limón y sal.

Tú me alteras, me haces
bien y mal
desespera tu forma de amar
no, no tú no vas a cambiar.

Besos de fuego, gotas de agua
(noches de hielo, vuelos sin alas)
Rosas que duelen, risas que atacan
(tú me matas)
Con esas vueltas, con esas garras
(que me destrozan que me desangran)
Pobre tu alma, pobre de tí
Quédate sin mí
Quédate sin mí.

Yo bailé en la cuerda por tí
dejé que hicieras de mí
tan solo la mitad
de tu infelicidad.

Tú pisaste mi corazón
entre palabras de amor.
Mentiras de verdad,
ternura trágica.

Me cansé de ser tu víctima
me aburrí de tu película
no, no tú no vas a cambiar.

Besos de fuego, gotas de agua
(noches de hielo, vuelos sin alas)
Rosas que duelen, risas que atacan
(tú me matas)
Con esas vueltas, con esas garras
(que me destrozan que me desangran)
Pobre tu alma, pobre de tí
Quédate sin mí
Quédate sin mí.

No me tortures más,
No me lastimes más
fue suficiente enfermedad seguir tu juego.
Besos de fuego, gotas de agua.
Risas que atacan, tú me matas.

Besos de fuego, gotas de agua
(noches de hielo, vuelos sin alas)
Rosas que duelen,risas que atacan
(tú me matas)
Con esas vueltas, con esas garras
(que me destrozan que me desangran)
Pobre tu alma, pobre de tí
Quédate sin mí

Besos de fuego, gotas de agua
(noches de hielo, vuelos sin alas)
Rosas que duelen, risas que atacan
(tú me matas)
Con esas vueltas, con esas garras
(que me destrozan que me desangran)
Pobre tu alma, pobre de tí
Quédate sin mí
Quédate sin mí.

Pobre da Sua Alma

Você tem problemas, eu sei
Diz meu nome em vão.
Se chego, você já vai,
E leva o que dá.

Você diz amanhã e é hoje
Estou doente de amor
Tão doce e tão fatal,
Mel com limão e sal

Você me altera, me faz
bem e mal
me desespera, a sua forma de amar
Não, não, você não vai mudar.

Beijos de fogo, gotas de água
(noites de gelo, voos sem asas)
Rosas que doem, risos que atacam
(Você me mata)
Com essas voltas, com essas garras
(Que me destroem que me dessangram)
Pobre da sua alma, pobre de ti.
Vai ficar sem mim
Vai ficar sem mim.

Eu dancei na corda por você
Deixei que fizesse de mim
Apenas a metade
Da sua infelicidade

Você pisou no meu coração
Entre palavras de amor
Mentiras de verdade,
Ternura trágica.

Me cansei de ser sua vítima
me aborrecí da sua máscara
Não, não, você não vai mudar.

Beijos de fogo, gotas de água
(noites de gelo, voos sem asas)
Rosas que doem, risos que atacam
(Você me mata)
Com essas voltas, com essas garras
(Que me destroem que me dessangram)
Pobre da sua alma, pobre de ti.
Vai ficar sem mim
Vai ficar sem mim.

Não me torture mais,
Não me machuque mais
foi doentio o suficiente jogar o seu jogo
Beijos de fogo, gotas de água
Risos que atacam, você me mata

Beijos de fogo, gotas de água
(noites de gelo, voos sem asas)
Rosas que doem, risos que atacam
(Você me mata)
Com essas voltas, com essas garras
(Que me destroem que me dessangram)
Pobre da sua alma, pobre de ti.
Vai ficar sem mim

Beijos de fogo, gotas de água
(noites de gelo, voos sem asas)
Rosas que doem, risos que atacam
(Você me mata)
Com essas voltas, com essas garras
(Que me destroem que me dessangram)
Pobre da sua alma, pobre de ti.
Vai ficar sem mim
Vai ficar sem mim.

0 comentários
Terra Música feedback