Não Sirvo Para Ti

Anselmo Ralph

exibições 8.180

Mais uma vez sai falhado
Pelo cupido reprovado
Pois eu confesso não ter dado amor (amor)
É mais que facto que eu te uso
Ora és prego parafuso
Que vai cobrindo os furos do meu prazer (prazer)
Por isso que acho melhor eu ir embora
Mas tu és teimosa e suplica sempre para eu ficar
Babe tu com lágrimas na cara
Esperançosa me conveses a de novo tentar

Mas diz-me quantas vezes eu tenho que te magoar
Até perceberes que eu não sou o homem para ti
Diz-me quantas noites tu vais ter que chorar
Até perceberes que estarás melhor sem mim
Melhor sem mim, eh! eh! eh! eh!
Vez que não sirvo para ti babe
Não sirvo para ti, no, no, no, no

Faço para além do imaginário
Para me tornar um proprietário
De um pedaço de fidelidade
Mais sempre acabo interessado
Entre beijinhos e amaços
Não tem mais jeito eu sou vaso ruim
Por isso que eu
Acho melhor eu ir embora babe
Mas tu és teimosa e suplica sempre para eu ficar
Babe tu com lágrimas na cara
Esperançosa me conveses a de novo tentar

Mas diz-me quantas vezes eu tenho que te magoar
Até perceberes que eu não sou o homem para ti
Diz-me quantas noites tu vais ter que chorar
Até perceberes que estarás melhor sem mim
Melhor sem mim, eh! eh! eh! eh!
Vez que não sirvo para ti babe
Não sirvo para ti, no, no, no, no

Eu peço a deus que faça
Juízo ao amor que sentes por mim babe
E que faça de mim um homem melhor para ti
Mas enquanto isso
Enquanto isso
Acho melhor eu ir embora (embora)
Eh eh eh eh eh eh hum hum
Acho melhor eu ir embora (embora)
Embora babe eh eh eh eh eh ehi

Mas diz-me quantas vezes eu vou ter que te magoar
Até perceberes que eu não sou o homem para ti
Diz-me quantas noites tu vais te que chorar
Até perceberes que estarás melhor sem mim
Melhor sem mim, eh! eh! eh! eh!
Vez que não sirvo para ti babe
Não sirvo para ti, no, no, no, no

Terra Música
feedback