Padrasto

Anselmo Ralph

exibições 10.263

Yeah
Essa é uma das partes tristes da vida, é uma das histórias que eu preferia não contar, mas tem que ser, talvez essa história não seja realidade na tua casa, mas se for, força aí, do fundo do coração, força aí mana, yeah
Eu nem sei como é que eu vou vos contar, só de saber que pra muitas pessoas é relidade, trás lágrimas aos olhos, mas pra essas pessoas que estão a sofrer, Cristo está aí pra nos ajudar, one love.
Eu estive com a Paula
Perguntei se estava bem
E ela respondeu, Anselmo, está tudo bem
Convidei-lhe para sentar
Ela disse, obrigado
Cada vez mais bonita
Só mostrou-me um sorriso
E eu perguntei, ja tens namorado?
E ela me respondeu, ainda não tenho
E eu perguntei porquê?
Ela me disse, meu padrasto não deixa
E eu perguntei porquê?
E chorando me disse:
Ele me abusa
De noite, me agarra e me beija
Diz não fala nada
Me abusa
De noite me agarra e me beija
E eu perguntei,
Já contaste a tua mãe?
E ela abanou a cabeça
Disse:
Ela não está a acreditar
E eu disse: Paula, sai de casa
E chorando ela disse que
Eu não tenho pra onde ir
E eu suspirei e disse (Paula)
Vai pra policia
Ela disse:
Eu ja tentei, mas não deu em nada
Então agarrei a sua mão e chorei com ela
Ergueu a cara e olhou pra mim
E me disse:
Ele me abusa
De noite, me agarra e me beija
Diz não fala nada
Me abusa
De noite, me agarra e me beija
E a Paula fica ali, sofrendo calada, ela quer falar, mas epa, ela sente-se envergonhada, ela sente-se traumatizada, ela sente-se abusada, portanto sofre calada, yeah, é hora de pararmos com esses abusos e outros mais, mas sabem o quê, meninas, meninos, é hora de abrir a boca, força manos, força manos, yeah. A Paula olhou pra mim e me disse: obrigado por me ouvires, as vezes a unica coisa que podes fazer é ouvir, mas mesmo assim, não deixa de ser uma ajuda, ela olhou pra mim e disse-me outra vez:
Ele me abusa
De noite, me agarra e me beija
Diz não fala nada
Me abusa
De noite, me agarra e me beija

Terra Música
feedback