Os Invisíveis

Barão Vermelho

exibições 743

Todos estão cegos
Nessa manhã ensolarada
Apenas eu vejo a luz

Os automóveis atolados na lama
Lagartos dançam na sua fama
E nós dois em que cama?

Nem tudo são rosas
Às vezes é amargo demais
Ela nem bate a porta

Felicidade balão solto
No ar, no coração
E brilha

Teu sorriso criança
Brinca entre os mendigos
Uma grande dúvida toma conta de tudo
O sol forte continua a nos iluminar

Nem tudo que reluz é ouro
Às vezes é nada mesmo
Nem tudo que vem
Volta atrás

Apenas eu vejo a luz
Será que só eu?

Enviada por Perreth

Terra Música feedback