Letras de músicas - Letras.mus.br

Furunco Sem Olho

Cabeça de Tuia

É furunco com olho que dói
É furunco sem olho que dói mais (bisx4)

Nasce como um sentimento
E cresce nojento sem parar
Secreção descontrolada
Revolta na porta pra sarjar

Não tem reza ou rezadeira
Nem chá de aroeira pra secar
Profunda pereba
É creca sem pressa de sarar (bis)

Com o tempo vai, com o tempo vem (bisx8)

A tristeza de gente morando na rua
É furunco sem olho que dói mais
Violência gratuita, banal, nua e crua
É furunco sem olho que dói mais
Assistência à saúde, grosseira e falida
É furunco sem olho que dói mais
A criança largada e sem chance na vida
É furunco sem olho que dói mais

Com o tempo vai, com o tempo vem (bisx8)

Políticos roubam descaradamente
É furunco sem olho que dói mais
Justiça ao pobre quase sempre ausente
É furunco sem olho que dói mais
Só crimes, bandidos e insegurança
É furunco sem olho que dói mais
E o povo sofrendo com pouca esperança
É furunco sem olho que dói mais

Com o tempo vai, com o tempo vem (bisx8)

Composição: Ivo Costa · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Cabeça
1.638 exibições
Ver mais fotos

Comentários


Quem curte?
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais