Fogo do Inferno

Camisa de Vênus

exibições 2.232

Não me queira solução

Pois eu sou o seu problema

Eu lhe tento, eu lhe amedronto

Eu sou o X do seu dilema

E o calor que me consome

Em cada gesto ou pensamento

É o do fogo do inferno

E não o mormaço de Ipanema

Você é tão previsível

Eu sou o susto e a surpresa

Ao meio-dia você almoça,

Eu já comi sua sobremesa

E Marceleza é mesmo perigoso,

Não adianta por seu pano quente

Todo ano tentam acabar comigo

Mas eu sou um sobrevivente

Baby, baby, baby, se você quiser pagar pra ver

eu incendeio a sua alma você não vai se arrepender

O que eu faço lhe confunde

O meu jeito lhe ofende
Já lhe mostrei minhas entranhas

Mas você não compreende
Que destino não se apaga,

Quando já nasce traçado
Prefiro inteiro arder em chamas,

Do que aos poucos congelado
Baby, baby, baby, se você quiser pagar pra ver

Eu incendeio a sua alma você não vai se arrepender

Terra Música feedback