As Benzedeiras da Amazônia

Boi Caprichoso

exibições 700

Guardiãs da encantaria
Da crença e da cura
Imortalizam a Amazônia
Como fonte de luz, abrigo e Recanto das mulhers que benzem.

Cantorias sagradas, afastam quebrantos
Acalanto divino na hora de dor
Grandeza de alma, nobre gesto de amor.
olhares atentos assistam o brotar da vida
Com cuidado apara o nascido como se fosse uma flor
Afugenta os espirítos, prevêem a sorte
Com o toque dos dedos acalma o sofrer
Emanando luz, sagradas mãos que abençoam
É morada sutil dos mistérios da fé

Caprichoso, celebra o dom da unção
Presente nos mistérios das mulheres que benzem
Da cura sagrada
Da reza da mulher
Da crença de mulher (bis)

na oração da dona Iaia, a fé é o seu alimento
Das ervas da dona Martinha Prata, a cura de seu povo.
A Amazônia mística da dona Nega
Parteira, é o berço das mulheres que benzem

Composição: (Sebastião Júnior, Edvander Batista) · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por dabacury
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.
0 comentários
Terra Música feedback