Meus dezoito anos

Carlito e Baduy

exibições 2.029

Ai, triste desengano
Meus dezoito anos ficaram para trás
E a minha infância
Que foi embora e não volta mais.

Eu já fui criança um dia , eu já morei no sertão
Eu já puxei boi de guia, já fui candeeiro bom
O tamoneiro rangia do lombo que foi peão
Do carro eu já fui eixo, da boiada fui ferrão.

A lembrança traz saudade no peito aumenta a paixão
Do tempo da mocidade quem vem na imaginação
Esta vida na cidade machuca meu coração
Por que nesta minha idade choro de recordação.

Agora que eu cresci não sai da lembrança
O quanto feliz vivi no meu tempo de criança
O que nunca esqueci foi à saudosa infância
Mas por tudo que sofri ainda tenho esperança.

Terra Música feedback