Como É Lindo o Meu Rio Grande

César Oliveira e Rogério Melo

exibições 6.899

Como é lindo o meu Rio Grande
Quando rompe a madrugada
Canta o galo no poleiro
E berra um touro na invernada
"Rincha" um pingo na cocheira
Com saudades da manada
Como é lindo o meu Rio Grande
Quando rompe a madrugada.

A perdiz pia no campo
Quero-quero na canhada
Um "yandu" lá na restinga
E o socó lá na forcada
Uma manada de ganso
Fazendo uma barulhada
Como é lindo o meu Rio Grande
Quando rompe a madrugada.

Late um "cusco" no terreiro
E peru dá gargalhada
Lá no moirão da porteira
Grita a coruja enfezada
É o hino da natureza
No bico da passarada
Como é lindo meu Rio Grande
Quando rompe a madrugada.

Por de trás da mata grande
Some a lua prateada
Está na hora do levante
Do patrão e da peonada
Uns encilham seus cavalos
Outros tratam a bicharada
Como é lindo o meu Rio Grande
Quando rompe a madrugada.

Terra Música
feedback