Ninguém Pode Me Calar

Chagas Sobrinho

exibições 1.859

Ninguém pode calar minha voz,
De cantar ninguém vai me impedir,
Eu não posso deixar de louvar,
De Jesus nunca vou desistir.

Quando algum dia daqui eu partir,
Mesmo assim a Jesus cantarei,
Com os anjos e os serafins,
Lá na glória continuarei.

O louvor alimenta minh'alma,
E traz gozo ao meu coração,
Quando o canto o espírito se acalma,
A paz prevalece e vence a tribulação.

Não adianta querer, ninguém vai me conseguir,
De louvar ao meu Deus ninguém vai me impedir,
Mesmo que ele me mate uma coisa eu sei,
Para sempre a Jesus cantarei.

De um lado está o inimigo,
Fazendo de tudo para me calar,
Fazendo suas propostas,
Para meu Jesus eu abandonar.

Mas sinto o espírito santo,
Falando direto ao meu coração,
Não temas, eu estou contigo,
Não deixo o inimigo te lançar a mão.

Não adianta querer, ninguém vai me conseguir,
De louvar ao meu Deus ninguém vai me impedir,
Mesmo que ele me mate uma coisa eu sei,
Para sempre a Jesus cantarei.

Terra Música
feedback