Funerale Di Un Contadino

Chico Buarque

exibições 3.805

Funerale Di Un Contadino

Questa fossa dove stai
Larga poche dita
È il più piccolo conto
Che hai pagato in vita
Ha volume giusto
Né largo né fondo
È la parte che ti tocca
Del latifondo
Non e una fossa grande
È giusta, precisa
È la terra che volevi
Veder divisa
È una fossa grande
Per un piccolo morto
Ci starai più largo
Di quand'eri al mondo
È una fossa grande
Per un morto da niente
Ma qui più che nel mondo
Stai comodamente
È una fossa grande
La tua carne è poca
Ma alla terra donata
Non si guarda in bocca

Funeral de Um Lavador

Esta cova onde estás
Larga como alguns dedos
É a menor conta
Que pagaste em vida
Ele tem o volume certo
Nem larga nem funda
É a parte que te cabe
Do latifúndio
Não é uma cova grande
É justa, precisa
É a terra que querias
Vendo dividida
É uma cova grande
Para um morto pequeno
Ali estarás mais largo
De quando estavás no mundo
É uma cova grande
Para um morto de nada
Mas, aqui mais do que no mundo
Estarás acomodado
É uma cova grande
A tua carne é pouca
Mas à terra dada
Não se abre a boca

Composição: Panvini - Rosati - Bardotti - J.Cabral de Melo Neto - Chico Buarque · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por gmagoga, Traduzida por Gabriel
Viu algum erro na tradução? Envie sua correção.
Terra Música
feedback