Letras de músicas - Letras.mus.br

Eterna Soledad

Eterna soledad
El tiempo danza en la madrugada
Y no puedés dormir si están
Todas las luces apagadas

Ya se fue el tren y esta calle
Nunca más será igual
Aprendiste a tener miedo, pero
Hay que correr el riesgo
De levantarse y seguir cayendo

No hay nada que perder
Cuando ya nada queda en el vaso
Y no puedés saber qué fuerte
Es el poder de un abrazo

Ya se fue el tren y esta calle
Nunca más será igual
Aprendiste a tener miedo, pero
Hay que correr el riesgo
De levantarse y seguir cayendo
Pero hay que correr el riesgo
De levantarse y seguir cayendo

Yo lo se que nadie te dijo para que todos se estan aqui
Yo se la soledad
Te da un cierto confort, no te deja mirar

Eterna soledad, eterna soledad
Se la quien te buscan tu consejo, hay que correr el riesgo
De levantarse y seguir cayendo, pero hay que correr el riesgo
De levantarse y seguir cayendo

Eterna soledad

Eterna Solidão

Eterna solidão
O tempo dança pela madrugada
E não pode dormir se estão
Todas as luzes apagadas

O trem já se foi e essa rua
Nunca mais vai ser igual
Você aprendeu a ter medo, mas
Você tem que correr o risco
De se levantar e continuar caindo

Não há nada o que perder
Quando nada é deixado no vidro
E não podes saber o quão forte
É o poder de um abraço

O trem já se foi e essa rua
Nunca mais vai ser igual
Você aprendeu a ter medo, mas
Você tem que correr o risco
De se levantar e continuar caindo
Mas tem que correr o risco
De se levantar e seguir caindo

Eu sei que ninguém te disse porque todos estão aqui
Eu sei a solidão
Te da um certo conforto, não te deixa ver

Eterna solidão, eterna solidão
É que as pessoas buscam seu conselho, você tem que correr o risco
De se levantar e continuar caindo, mas tem que correr o risco
De se levantar e continuar caindo

Eterna solidão

10.865 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais