Revelação

Cicero Nogueira

exibições 2.209

Irmão acorda alerta, levanta, desperta que Jesus já vem
Escuta-se a voz dos anjos, os santos arcanjos dizendo: Amém
Em luzes de todas as cores, belos esplendores que os olhos veem
Em meio a voz dos cantores, ao rufar dos tambores de Jerusalém

Irão os túmulos se abrindo e assim ressurgindo os mortos que tem
E a trombeta tocando e os crentes cantando, dizendo: ora vem
Jesus nas nuvens surgindo e a igreja subindo pra Jerusalém
E todos num gozo profundo, dando adeus ao mundo e aos que ficam também

Iremos com os anjos gozar na pátria celeste, num reino do além
Lá com Jesus, o Cordeiro, gozar os prazeres em Jerusalém

Depois que a igreja subir irão proferir com grande aflição
O que foi que aconteceu, desapareceu meu pai, meu irmão
Faltou no loja o caixeiro, no campo o vaqueiro desapareceu
O ônibus parou lá na pista, onde está o motorista, o que aconteceu

No mundo cheio de horrores, tristezas e dores e pranto também
Os homens hão padecer não irão viver com Jesus no além
Só se ouvem as notícias correndo e povo vivendo sem consolação
Não se ver mais o pai na usina e na oficina faltou o irmão

Iremos com os anjos gozar na pátria celeste, num reino do além
Lá com Jesus, o Cordeiro, gozar os prazeres em Jerusalém

Nessa tamanha tormenta ninguém se contenta com a separação
Porque faltou tanta gente só foram os crente, ó presta atenção
Este povo dizia que chegaria o dia da redenção
Jesus levou seus remidos, os seus escolhidos pra Santa Sião

Iremos com os anjos gozar na pátria celeste, num reino do além
Lá com Jesus, o Cordeiro, gozar os prazeres em Jerusalém

Terra Música feedback