Letras de músicas - Letras.mus.br

Faceless Man

I spent a day by the river
It was quiet and the wind stood still
I spent some time with nature
To remind me of all that's real
It's funny how silence speaks sometimes when you're alone
And remember that you feel
I said it's funny how silence speaks sometimes when you're alone
And remember that you feel

Again I stand, Lord, I stand, against the faceless man
Again I stand, Lord, I stand, against the faceless man

Now I saw a face on the water
It looked humble but willing to fight
I saw the will of a warrior
His yoke is easy and His burden is light
He looked me right in the eyes, direct and concise to remind me
To always do what's right
He looked me right in the eyes, direct and concise to remind me
To always do what's right

Again I stand, Lord, I stand, against the faceless man
Again I stand, Lord, I stand, against the faceless man

'Cause if the face inside can't see the light I know
I'll have to walk alone
And if I walk alone to the other side I know
I might not make it home
Again I stand, Lord, I stand, against the faceless man
Again I stand, Lord, I stand, against the faceless man

Next time I see this face
I'll say I choose to live for always
So won't you come inside
And never go away

Next time I see this face
I'll say I choose to live for always
So won't you come inside
And never go away

Again I stand, Lord, I stand, against the faceless man
Again I stand, Lord, I stand, against the faceless man
Again I stand, Lord, I stand, against the faceless man

Homem Sem Face

Eu passei o dia no rio
Estive calmo e o vento mais ainda
Eu passei um tempo com a natureza
Para me lembrar de tudo que é real
É engraçado como o silêncio nos fala às vezes quando estamos sozinhos
E nos lembra o que sentimos.
É engraçado como o silêncio nos fala às vezes quando estamos sozinhos
E nos lembra o que sentimos.

Eu continuo, Senhor, eu continuo, encarando o homem sem face
Eu continuo, Senhor, eu continuo, encarando o homem sem face

Acabei de ver um rosto na água.
Ele parecia humilde, mas pronto pra lutar
Eu vi a força de um guerreiro
Julgado e claramente apreensivo
Ele olhou direito nos meus olhos, direto e conciso para me lembrar
Pra sempre fazer o que é certo
Ele olhou direito nos meu olhos, direto e conciso para me lembrar
Pra sempre fazer o que é certo

Eu continuo, Senhor, eu continuo, encarando o homem sem face
Eu continuo, Senhor, eu continuo, encarando o homem sem face

Porque se no lado de dentro não se vê a luz eu sei
Que terei que andar sozinho
E se eu andar sozinho até o outro lado eu sei
Que posso não voltar para casa
Eu continuo, Senhor, eu continuo, encarando o homem sem face
Eu continuo, Senhor, eu continuo, encarando o homem sem face

Da próxima vez que eu ver aquele rosto
Eu direi que escolhi viver para sempre
Então você não quer entrar
E nunca mais ir embora?

Da próxima vez que eu ver aquele rosto
Eu direi que escolhi viver para sempre
Então você não quer entrar
E nunca mais ir embora?

Eu continuo, Senhor, eu continuo, encarando o homem sem face
Eu continuo, Senhor, eu continuo, encarando o homem sem face
Eu continuo, Senhor, eu continuo, encarando o homem sem face

Composição: Scott Stapp / Mark Tremonti / Günter Schulz / Scott Stapp · Esse não é o compositor? Nos avise.
29.018 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais