Letras de músicas - Letras.mus.br

No Sapatinho

Criolo

No sapatinho eu vou.. Pra chegar, conquistar respeito!
No sapatinho eu vou.. Pra chegar, conquistar respeito!
No sapatinho eu vou.. Pra chegar, conquistar respeito!
No sapatinho eu vou.. Pra chegar, conquistar respeito!

Eles querem que você desista, mas jamais se dê por vencido!
Rap nacional envolvidão até o pescoço, não fosse assim, aí de mim só tava o osso!
Então, eles querem que você desista, mas jamais se de por vencido!
Rap nacional envolvidão até o pescoço, não fosse assim, aí de mim só tava o osso!

Então, o que eu quero pra mim, eu quero pra você, eu quero que você se erga, se não quer vai se fu***!
Porque eu não vou ficar parado esperando alguem me atropelar!
Não vou ficar parado esperando alguém matar
A esperança que tá no meu coração
Que me dá forças e eu não sigo em vão
Sempre tranquilão e às vezes não
Amizade sincera são poucas meu irmão!
O que eu quero pra mim eu quero pra você!
Saúde, paz, tranquilidade pra familia!
Eu vou me organizar que é pra ganhar dinheiro, sem precisar me vender o ano inteiro!
Assim que cêis quer, assim que vai ser!
Rap nacional de atitude e proceder!
É zona sul, zona oeste, zona norte, zona leste
É o centro, a maldade na cabeça o dia inteiro!
Os mano da correria que se envolve com o rap, curti esse rap, é resgatado pelo rap!
Apetite tem, apetite tem.. Pra matar ou pra morrer, mas todo mundo quer viver!
Eu sei que o rap faz muito mais que sua religião, que o presídio, o cacetete em vão!
Vejo uma criança dançando break é lindo!
Vejo as mães alegres com seus filhos!
As autoridades vão ficar de bobera na pista..
Não conseguem perceber, que aqui é nóis na fita!
É muito mais que um comprimento, é uma consideração!
Vocês querem tirar sarro da auto-estima dos irmãos, mas eu não vou deixar!
Eu vim pra incomodar, vim pra cutucar, pra confundir, vou me expressar!

La ra la! La ra la! Ru!
La ra la! La ra la!
La ra la! La ra la! Ru!
La ra la! La ra la!

Eles querem que você disista, mas jamais se dê por vencido!
Rap nacional envolvidão até o pescoço, não fosse assim, aí de mim só tava o osso!
Então, eles querem que você disista, mas jamais se dê por vencido!
Rap nacional envolvidão até o pescoço, não fosse assim, aí de mim só tava o osso!

E você pode até fingir que tá dormindo, mas o mundo não tá e eu vou progredindo!
Diferente do que você tá pensando, eu sou trabalhador e vou prosperando!
Porque eu tenho noção do meu talento e da proporção do amor que eu carrego aqui dentro
E se eu vim pra cá, é porque tenho uma missão
Talvez seja cantar rap ou cuidar do meu irmão
Porque eu nasci no Grajaú e sei bem o que é uma treta!
(Eu já vi vacilão morrer por pipa e por ushhhhhh...)

Ascensão profissional é a gerência na biqueira
E o culpado só aparece na campanha dando camiseta
Mas quem sou eu pra te dar conselho
Seja um covarde vivo ou um herói que ganha enterro
São varias as fitas
Minha alma vaga sofrida
Se é pra viajar.. Eu vo viajar na brisa do amor que tá no interior
Das coisas que passei.. Eu quero é esquecer o horror
Pelo amooor eu quero viver! E se faltar o ar de um amigo eu não vou deixar morrer!
Pelo amooor eu quero viver! E se faltar o ar de um amigo eu não vou deixar morrer!

Então
Eles querem que você disista, mas jamais se dê por vencido!
Rap nacional envolvidão até o pescoço, não fosse assim, aí de mim.. Só tava o osso!
Então, eles querem que você disista, mas jamais se dê por vencido!
Rap nacional envolvidão até o pescoço, não fosse assim, aí de mim.. Só tava o osso!

Então
No sapatinho eu vou.. Pra chegar, conquistar respeito!
No sapatinho eu vou.. Pra chegar, conquistar respeito!
No sapatinho eu vou.. Pra chegar, conquistar respeito!
No sapatinho eu vou.. Pra chegar, conquistar respeito!
Puro e verdadeiro!

Composição: Sabe quem é o compositor? Envie pra gente.
Enviada por Gabriel
Legendado por Morená
69.017 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais