Letras de músicas - Letras.mus.br

Até Me Emocionei

Criolo

Então, pra falar do que sinto cantei
Cantei, me expus e até me emocionei **

É uma década, de várias
A gente tarda, mas não falha
O pulso ainda pulsa, o coração ainda bate se emociona
Quando eu vejo a filha do filho da dona Ana
Felicidade essa eu comparo
O valor de uma vida é o valor do meu trabalho
E o resultado é inexplicável
O suor, o sufoco, HÁ, inevitável
Mas tudo tem o seu pagamento
Viver em harmonia, vai vendo
Vô na cadeia, no Morumbi
Tocar na favela, pra eu ficar feliz
O beijo, o abraço, o carinho e a atenção
O valor, o respeito pra minha nação
Para os irmãos fica meu comprimento
Que a coragem seja seu sustento
Para as garotas que estão no dia-a-dia
Não abaixe a cabeça e nunca desista

Se depender, da minha voz
Você nunca estará só, só, só, só, só

Até então, muito obrigado

Entenda o meu recado *****

Então, pra falar do que sinto cantei
Cantei, me expus e até me emocionei

Rei no Hip Hop não existe rei, e eu não fiz o rap, mas o rap foi quem me fez
Eu to falando daquele que até a respiração sai rimando
Da vontade de chorar me emociona não tem como
Desperdício de talento, feito água que foge do cano
Quem fez o buraco, eu não sei, mas o rap vai concertando
Se fosse pra dar as mãos, dariam os manos
A cara a tapa pela paz, vários lutando
Isso aqui é um bolo grande, fermento que vão jogando
Confeito sem sabor, tem rapper se equivocando
É num rosto, uma roupa , no glamour que não existe
O rap na história, muitas vezes com final triste
Amor que a gente dá nunca recebe no meu duvide
Que já vi de mulher feita se abrir por uma boneca da Hello Kit
Não tem como ser diferente
Porque arte é arte, dor e alegria presente
O homem é um animal que esta sempre em conflito com a mente
E pra quem é muito louco, até o adorno do sol surpreende

Então, pra falar do que sinto cantei
Cantei, me expus e até me emocionei
E o microfone um palco no momento de lucidez
Se Deus te deu o dom, se cresce não mano
É que cê ta devendo por três

Então, pra falar do que sinto cantei
Cantei, me expus e até me emocionei
Então, pra falar do que sinto cantei
Cantei, me expus e até me emocionei
Então, pra falar do que sinto cantei
Cantei, me expus e até me emocionei
E o microfone um palco no momento de lucidez
Roba cena!

Porque você não forja a um MC, você nasce um MC
Eu queria poder, fazer pra ti, coisas assim que lhe façam feliz
Poder viajar a hora que quiser, só pra te ver feliz
Eu queria poder, fazer pra ti, coisas assim que lhe façam feliz
E viajar se o mundo inteiro iria perceber, que o meu lugar é com você
Eu queria poder, fazer pra ti, coisas assim que lhe façam feliz (cantei)
Só pra te ver sorrir

91.275 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais