Letras de músicas - Letras.mus.br

Compondo Os Arreios

Cristiano Quevedo

As vezes o tempo se fecha pra gente
E o que era certeza se torna ilusão
O pingo judiado não quer mais lonjuras
E os rumos cansados não tem direção
É hora dos sonhos ganharem o mundo
Transpondo fronteiras do próprio destino
O homem não deve ceder aos tropeços
Pois quem vence as pedras aprende o caminho
Aprende o caminho

Refrão:
Quem vem pela estrada por vezes repara
Que a vida anda maula... mais pode mudar
Nem sempre se ganha topando a parada
E só quem aposta é que pode ganhar...
E assim segue o tempo mostrando pra gente
Que é seguindo frente que se chega ao fim
Então paro um pouco compondo os arreios
E busco o que a vida ainda guarda pra mim

Me vou vida a fora buscando nas horas
Razões e verdade na sina estradeira
E assim meus limites se tornam pequenos
Levando os anseios pra além das porteiras
De alma curtida e emoção renovada
Meu pingo de estrada se aparta do freio
E a sorte nos mostra que o rumo é uma aposta
E só anda bem quem compõe os arreios
Compõe os arreios

Refrão

1.765 exibições
Ver mais fotos

Comentários


Quem curte?
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais