The New Build

Dark Tranquillity

exibições 1.035

The New Build

A human force stronger than logic
Beyond the focus and the grander ideas
One microcosmos in this wretched piece of hell
Distant memories of what empathy we felt
No revolution in what they must overthrow
In on a secret we all know
The need that is our enemy

I don't even want to see you
Doing all the same things as me
Don't ever let this be you
Knowing what it is that drives me

It's all in the future
Said with one foot in the grave
All in the plan of what we never could achieve
No satisfaction
We excuse ourselves from progress by post-altering our motives
Stories set to match whatever beat that drives the impulse

Whatever tune that carries through
What's in a soul that rattles empty
In this one reality, too few

Our reach is never wider than the depth of what we grasp
A vicious curse on all that we partake in/side the conflict
Where no one is the wiser
A space invaded
A face evaded
My space invaded
Selfish dosn't begin to cover the sense
In this utopia of one to escape the argument
To put another filter on

The New Build (Tradução)

Uma força humana mais forte do que a lógica.
Além do foco e das idéias mais grandes.
Um microcosmos nesta parte miserável de inferno.
Memórias distantes de empatia que nós sentimos.
Nenhuma volta em que deve por um fim.
Sobre um segredo de nós todos sabemos.
A necessidade que é nosso inimigo.

Eu não quero mesmo vê-lo.
Fazendo todas as mesmas coisas que eu.
Não deixar deixa nunca isto ser você.
Sabendo o que é que me movimenta

É tudo no futuro.
Dito com um pé na sepultura.
Tudo na planta de o que nós nunca poderíamos conseguir.
Nenhuma satisfação.
Nós desculpamo-nos do progresso borne-alterando nossos motriz.
As histórias ajustam-se para combinar o que batida que conduz o impulso.

O que acordo que carrega completamente.
O que está em uma alma que chocalha vazio.
Nesta realidade, demasiado poucos.

Nosso alcance é nunca mais largo do que a profundidade de o que nós agarramos.
Uma praga viciosa em tudo que nós partilhamos dentro do conflito.
Onde ninguém é o mais sábio.
Um espaço invadido.
Uma cara iludida.
Meu espaço invadido.
O egoísta não começa a cobrir o sentido.
Para um nesta utopia para escapar o argumento.
Para põr sobre um outro filtro.

Composição: Anders Jivarp / Göran Nicklasson · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Dragonlord, Traduzida por Violator
Viu algum erro na tradução? Envie sua correção.
Terra Música
feedback