Letras de músicas - Letras.mus.br

Zé Povinho É Mato

DeCore

Eu to cansado dessa gente que crítica e esnoba, se achando o dono do mundo, não vem, não me enrola, quem fala da vida alheia, o rei de barriga cheia
Uma pá de soco na cara é o que merece esses nóias
Filha da puta de merda, não vê o que te espera, falando sempre dos outros, não olha a própria perna, você não sabe o que diz, você não sabe o que faz
Uma pá de bica na lata é o que merece esses nóias
Já to cansado de te ouvir falar, desacredita que eu vou te atropelar
Corre! Corre! Filho da puta vou te eliminar
Corre! Corre!

Zé povinho é mato

A vida inteira rodeado de gente, que se diz ser amigo, mas só na sua frente
Na verdade o que eles querem é atrasar seu lado
Uma pá de soco na cara é o que merece esses nóias
Eu to ligado que de hoje não passa, conectada a família agora é um arregaço
Aqui ninguém mais vai escutar seu xaveco barato
Uma pá de bica na lata é o que merece esses nóias
Já to cansado de te ouvir falar, desacredita que eu vou te atropelar
Corre! Corre! Filho da puta vou te eliminar
Corre! Corre!

Zé povinho é mato

Realmente nessa vida você vale o que tem
De zero a cem, eu não confio em ninguém, só Deus sabe o quanto corro deste tipo de zica, maldito zé povinho, maldita talarica, us bico de janela não agüentam ver o meu progresso, tudo que tenho consegui correndo pelo certo, mantendo a postura, sempre na humildade, não abro espaço pra este tipo de trairagem, por isso é bom você prestar atenção, primeira dama da banca te esmago no refrão

Composição: Ricardo Q-Pam, Navau e Rubia · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Paulo
8.905 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais