Poema de Areia

Elymar Santos

exibições 314

Estamos aí
Somos novos homens
Olhos na consciência
No coração
A paixão que resiste
Ainda vence a ciência
O pau é o pau
A pedra é simples
E não tem alma
Onde há o mal
Entrego o amor
E a minha calma
Amanheceu sol de tantas paisagens
E ardentes desejos
Hoje a chave das grades
São promessas de beijos
Morro de amor
No mar de amar
Pra me acalmar
Cubro os passos dos pés
De quem ainda se odeia
Piso em passos de manso
Poema de areia
E despeço a distância
Do aceno de mão

0 comentários
Terra Música feedback