Lamento Boliviano

Enanitos Verdes

exibições 54.991

Lamento Boliviano

Me quieren agitar
me insitan a gritar
soy como una roca palabras no me tocan
adentro hay un volcan
que pronto va a estallar
yo quiero estar tranquilo

Es mi situación una desolación
soy como un lamento, lamento boliviano
que un día empezo y no va a terminar
y a nadie hace daño

Y yo estoy aquí
borracho y loco
y mi corazón idiota
siempre brillará
y yo te amaré
te amaré por siempre
nena no te peines en la cama
que los viajantes se van a atrasar

Y yo estoy aqui
borracho y loco
y mi corazon idiota
siempre brillará
y yo te amaré
te amaré por siempre
nena no te peines en la cama
que los viajantes se van a atrasar

Y yo estoy aqui
borracho y locoy mi corazon idiota
siempre brillará
y yo te amaré
te amaré por siempre
nena no te peines en la cama
que los viajantes se van a atrasar

Lamento Boliviano

Querem me incomodar
Tentam me ver gritar
Sou como uma pedra palavras não me tocam
E dentro a um vulcão
Que em breve vai estourar
Quero estar tranqüilo...

É minha situação uma desolação
sou como um lamento, lamento boliviano
que um dia começou e não vai terminar
e não machuca a ninguém

E agora estou aqui
Bêbado e louco
E meu coração idiota
sempre brilhará
E eu te amarei
te amarei para sempre
Baby não se penteie na cama,
que os viajante vão se atrasar

OooH!! ohohohohohohoohohoh!!!
E agora estou aqui
Bêbado e louco
E meu coração idiota
sempre brilhará
E eu te amarei
te amarei para sempre
Baby não se penteie na cama,
que os viajante vão se atrasar

E agora estou aqui
Bêbado e louco E meu coração idiota
sempre brilhará
E eu te amarei
te amarei para sempre
Baby não se penteie na cama,
que os viajante vão se atrasar

Composição: Natalio Faingold / Raúl F. Gómez · Esse não é o compositor? Nos avise.
Legendado por matheus.cadore
Viu algum erro na tradução? Envie sua correção.
0 comentários
Terra Música feedback