Moça do Mar

Fafá de Belém

exibições 1.489

Sou moça do mar,
sou o próprio dia
vestido de carne e poesia,
menina e mulher.
Lembro do mar, beijos na praia
e as rendas da rede da saia
quando eu me dei.

Viver de amor, quem dera!
O amor que eu dei
quem dará?
Abrir em flor
como uma concha do mar.
Meu beijo é fogo pro céu,
meu corpo é água do mar.
Meu coração
não sei por onde andará.

Meu pescador mora na areia
e é filho de uma sereia;
- serei e será -
me fez amor e fez a linha
que o próprio horizonte não tinha
pra me pescar.

Terra Música
feedback