Fera do Fogo

Boi Garantido

exibições 887

Um facho sombrio
Um borbulho no rio
Das profundezas abissais emergirá

Envolto o vapor
O fogo o calor
O gênio na escuridão resplandecerá

Flutua em flamas, óh víbora
Fantasmagórica

E as ondas estranhas
Rebojas, faz dançar canaranas
Em turvas águas vem

Um encanto, um aviso, um mito
Serpente ou fogo vivo?
Misteriosa vem

É noite e tua voz viperina
Corre os campos em tua caça

Vem dos miasmas dos ossos dos mortos
Punir os que trazem em suas mãos
A devastação, então...

Corra, corra, corra (corra!)
Radiante, incandescente
Ardor, fervor, na mata o medo.

Corra, corra, corra (corra!)
O guardião ardente
No olhar a luz é morte certa

Corra, corra, corra (corra!)
O espirito que vinga
Veste o véu de cinzas

É noite e tua voz viperina
Corre os campos em tua caça

É fogo, boi-tátá
É fogo 3x
É fogo, boi-tátá
É fogo 3x
É fogo, boi-tátá
(Corre os campos em tua caça)

Composição: Ronaldo Barbosa Jr. e Rafael Marupiara · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Mariane
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.
Terra Música feedback