João Saudade

Gaúcho da Fronteira

exibições 7.759

Toada

No estilo da estampa
Um resto de pampa
Farrapo dos trapos
Bombacha já rota,
Melena revolta,
E um jeito de guapo
Chapéu deformado
Um lenço rasgado -
Ainda bandeira
Guaiaca roída
Rimando com a vida
Do João da Fronteira

[Porque, oh João,
Deixaste o galpão
E a lida campeira
Pra ser na cidade
Mais um João-saudade
Sem eira, nem beira?]

O João da favela
Que a vida atrela
A um carro de mão
É João-lá-de-fora
Repontando agora
Papel, papelão
E assim, quem diria,
Que a sorte um dia
Lhe desse este pealo
O João já nem sente
Que ontem ginete
É hoje o cavalo.

[Porque, oh João,
Deixaste o galpão
E a lida campeira
Pra ser na cidade
Mais um João-saudade
Sem eira, nem beira?]

0 comentários
Terra Música feedback