Samba Enredo 2002 - Xeque-mate

G.R.E.S. Gaviões Da Fiel (SP)

exibições 12.825

Sou Gavião, sou Rei...(eu sou, eu sou)
No tabuleiro da vida, ô, ô, ô.
Sou fiel a um ideal
É xeque-mate to na área é Carnaval

Talvez
Precise mil e uma noites prá contar
Do oriente o vento leva o meu cantar
Trazendo poesia
Paixões, romances de amor sem fim...
Um jogo envolvente enfim
Que encantou o Velho Mundo

Tem muamba
O mercador tem muamba
Tem novidade
Vem jogar o Chaturanga

Na dança das pedras
Tem peão lutando pra sobreviver
Contra o FMI
Que em seu cavalo alado
Sempre mal intencionado
É a rainha do poder

Quero meu Brasil
Jogando limpo...
O povo dando um xeque na corrupção
Um xeque na impunidade
E a bateria sacudindo a multidão

É hora da virada (vem amor)
Tenho fé e esperança (no coração)
O meu país menino vai mudar
E a felicidade há de brilhar

0 comentários
Terra Música feedback