Conversando Com a Viola

Gildo de Freitas

exibições 1.494

Conversando Com a Viola

Ontem a viola viu minha aliança
E me perguntou com todo respeito
Qual a aventura que tu vais fazer
Que estás tão alegre assim desse jeito
Viola querida eu vou me casar
Respondi pra ele muito satisfeito
E ela perguntou se cabia outro amor
Além da viola encostada em meu peito

Tem gente que acha que a letra é mentira
Por eu conversar com o meu instrumento
O meu pensamento falou com a viola
E a viola falou com o meu pensamento
Por que ela e a lua são duas amigas
Que me acompanham a todo momento
Não era bem justo que eu não respondesse
Todas as perguntas do meu casamento

Viola querida tu és a culpada
De eu ter conquistado esta linda donzela
Quando em serenata num triste lamento
Nós os dois juntinhos cantava pra ela.
Ali foi crescendo este nosso amor
E hoje nos leva a casar na capela
E por tua causa eu não posso deixar
De com esconder os carinhos dela.

Agora que sabes que eu vou me casar
Devias tocar ainda mais contente
Tu és de madeira e eu sou humano
Estou compreendendo a dor que tu sentes
Eu vou construir um rancho bem grande
Para nós os três viver eternamente
Por que pra viola, mulher e luar
Sempre tem lugar nos braços da gente.

Terra Música
feedback