Coração

Guilherme Arantes

exibições 5.268

Coração
pulsando
chamando por ela
Coração
batendo
naquela porta
Coração
lutando
rompendo a casca
a pele morta.
Meu nome é ninguém
Minha história esqueci
Minha idade é o agora
O passado eu perdi
Eu venho do nunca
Eu venho do nada
Não tenho destino,
não tenho parada
Não procuro alguém
com quem eu divida
a metade de zero,
o infinito da vida
Procuro, sim,
quem me multiplique,
não me faça promessa,
nem peça que fique.

0 comentários
Terra Música feedback