exibições 8.842

Se eu te prometo um amor sem fim
Você parece zombar de mim
Se eu chego perto pra te agradar
Você me diz que eu não sei te amar
Sou viajante sem direção
Um prisioneiro desta paixão
Essa ilusão é a minha luz
Sou romeiro, carrego a cruz

Grita, xinga, briga, me maltrata
Um dia esse amor me mata
De tanto me fazer penar
Grita, xinga, briga, me castiga
Mas pelo amor de Deus não diga
Que um dia vai me abandonar

Se procuro esquecer a dor
No copo doce do teu licor
Você me diz que tem que fingir
Pois eu não sei te fazer feliz
E se eu pedir consideração
Por tanto amor, tanta devoção
Você se zanga e me diz que não
Escuto e fujo pra solidão.

0 comentários
Terra Música feedback