Salt Of The Earth

Guns N' Roses

exibições 12.183

Salt Of The Earth

Lets drink to the hard working people,
Lets drink to the lowly of birth.
Raise your glass to the good and the evil,
Lets drink to the salt of the earth.

Say a prayer for the common foot soldier,
Spare a thought for his back breaking work.
Say a prayer for his wife and his children,
Who burn the fires and who still till the earth.

And when I search a faceless crowd,
A swirling mass of gray and black and white.
They don't look real to me,
In fact, they look so strange.

Raise your glass to the hard working people,
Lets drink to the uncounted heads.
Lets think of the wandering millions,
Who need leaders but get gamblers instead.

Spare a thought for the stay at home voter,
His empty eyes gaze at strange beauty shows.
And a parade of the gray suited grafters,
A choice of cancer or polio.

And when I search a faceless crowd,
A swirling mass of gray and black and white.
They don't look real to me,
In fact, they look so strange.

Lets drink to the hard working people,
Lets think of the lowly of birth.
Spare a thought for the rag taggy people,
Sets drink to the salt of the earth.

Lets drink to the hard working people,
Lets drink to the salt of the earth.
Lets think of the two thousand million,
Lets think of the humble of birth.

Lets drink to the hard working people,
Lets drink to the lowly of birth.
Raise your glass to the good and the evil,
Lets drink to the salt of the earth.

Say a prayer for the common foot soldier,
Spare a thought for his back breaking work.
Say a prayer for his wife and his children,
Who burn the fires and who still till the earth.

And when I search a faceless crowd,
A swirling mass of gray and black and white.
They don't look real to me,
In fact, they look so strange.

Raise your glass to the hard working people,
Lets drink to the uncounted heads.
Lets think of the wandering millions,
Who need leaders but get gamblers instead.

Spare a thought for the stay at home voter,
His empty eyes gaze at strange beauty shows.
And a parade of the gray suited grafters,
A choice of cancer or polio.

And when I search a faceless crowd,
A swirling mass of gray and black and white.
They don't look real to me,
In fact, they look so strange.

Lets drink to the hard working people,
Lets think of the lowly of birth.
Spare a thought for the rag taggy people,
Sets drink to the salt of the earth.

Lets drink to the hard working people,
Lets drink to the salt of the earth.
Lets think of the two thousand million,
Lets think of the humble of birth.

Sal da Terra

Beberemos para as pessoas que trabalham duro,
Beberemos para os que nascem em pobreza.
Levante sua taça para o bem e o maligno,
Beberemos para o sal da terra.

Ore para o soldado raso,
Guarde uma lembrança para seu trabalhoso ofício.
Ore para sua mulher e seus filhos,
Que acendem as fogueiras e ficam lá até apagar.

E quando eu busco uma multidão sem rostos
Uma multidão vertiginosa de cinza e preta e branca
Eles não parecem reais para mim,
Na verdade, aparentam ser tão estranhos.

Levante sua taça para as pessoas que trabalham duro,
Beberemos para as cabeças incontáveis.
Pensaremos nos milhões de andarilhos,
Que precisam de líderes mas recebem jogadores no lugar.

Pense um pouco no eleitor que fica em casa
Seus olhos vazios observam uma beleza estranha
E um desfile de pessoas subornadas trajadas de cinza,
Uma escolha de câncer ou poliomielite.

E quando eu busco uma multidão sem rostos
Uma multidão vertiginosa de cinza e preta e branca
Eles não parecem reais para mim,
Na verdade, aparentam ser tão estranhos.

Beberemos para as pessoas que trabalham duro,
Beberemos para os que nascem em pobreza.
Pense um pouco nas pessoas que vivem aos trapos,
Beberemos para o sal da terra.

Beberemos para as pessoas que trabalham duro,
Beberemos para o sal da terra.
Pensaremos nos duzentos milhões de pessoas,
Pensaremos nos humildes de nascimento.

-->(por favor, tirem esta parte)<--

Beberemos para as pessoas que trabalham duro,
Beberemos para os que nascem em pobreza.
Levante sua taça para o bem e o maligno,
Beberemos para o sal da terra.

Ore para o soldado raso,
Guarde uma lembrança para seu trabalhoso ofício.
Ore para sua mulher e seus filhos,
Que acendem as fogueiras e ficam lá até apagar.

E quando eu busco uma multidão sem rostos
Uma multidão vertiginosa de cinza e preta e branca
Eles não parecem reais para mim,
Na verdade, aparentam ser tão estranhos.

Levante sua taça para as pessoas que trabalham duro,
Beberemos para as cabeças incontáveis.
Pensaremos nos milhões de andarilhos,
Que precisam de líderes mas recebem jogadores no lugar.

Pense um pouco no eleitor que fica em casa
Seus olhos vazios observam uma beleza estranha
E um desfile de pessoas subornadas trajadas de cinza,
Uma escolha de câncer ou poliomielite.

E quando eu busco uma multidão sem rostos
Uma multidão vertiginosa de cinza e preta e branca
Eles não parecem reais para mim,
Na verdade, aparentam ser tão estranhos.

Beberemos para as pessoas que trabalham duro,
Beberemos para os que nascem em pobreza.
Pense um pouco nas pessoas que vivem aos trapos,
Beberemos para o sal da terra.

Beberemos para as pessoas que trabalham duro,
Beberemos para o sal da terra.
Pensaremos nos duzentos milhões de pessoas,
Pensaremos nos humildes de nascimento.

Terra Música feedback