Pardon Me

Incubus

exibições 61.741

Pardon Me

Pardon me while I burst
Pardon me while I burst

A decade ago
I never thought I would be at twenty-three
On the verge of spontaneous combustion who-is-me
But I guess that it comes with the territory

An ominous landscape of never-ending calamity
I need you to hear, I need you to see
That I have had all I can take and
Exploding seems like a definate possibility to me

So pardon me while I burst into flames
I've had enough of the world and it's people's mindless games
So pardon me while I burn and rise above the flame
Pardon me, pardon me, I'll never be the same

Now two days ago
I was having a look in a book and I saw a picture
Of a guy fried up above his knees
I said, I can relate 'cause lately
I've been thinking of combustication

As a welcome vacation
From the burdens of the planet Earth
Like gravity, hypocresy
And the perils of being in 3-D
But thinking so much differently

Pardon me while I burst into flames
I've had enough of the world and it's people's mindless games
So pardon me while I burn and rise above the flame
Pardon me, pardon me, I'll never be the same

Never be the same, yeah

Pardon me while I burst into flames
Pardon me, pardon me, pardon me

So pardon me while I burst into flames
I've had enough of the world and it's people's mindless games
So pardon me while I burn and rise above the flame
Pardon me, pardon me, I'll never be the same

Pardon me
Never be the same, yeah

Perdoe-me

Perdoe-me enquanto eu explodo
Perdoe-me enquanto eu explodo

Há uma década atrás
Eu nunca pensei que eu estaria com vinte e três
À beira da combustão espontânea que estou
Mas acho que isso vem com o território

Uma paisagem sinistra de uma calamidade eterna
Eu preciso que você ouça, eu preciso que você veja
Que eu tive tudo o que pude ter e
Explodir parece uma boa boa opção pra mim

então, perdoe-me, enquanto eu explodir em chamas
Eu já me cansei do mundo e dos jogos estupidos das pessoas
então, perdoe-me, enquanto eu queimar e subir acima da chama
Perdoe-me, perdoe-me, eu nunca vou ser o mesmo

Agora dois dias atrás
Eu estava dando uma olhada em um livro e eu vi uma foto
De um cara frito de joelhos
Eu disse, eu posso julgar porque ultimamente
Eu tenho pensado em combustão

Como férias bem vindas
A partir do fardo do planeta Terra
Como gravidade, hipocrisia
E os perigos de estar em 3-D
Mas pensando de forma muito diferente

Então, perdoe-me, enquanto eu explodir em chamas
Eu já tive o suficiente do mundo e dos jogos estupidos das pessoas
Portanto, perdoem-me, enquanto eu queimar e subir acima da chama
Perdoe-me, perdoe-me, eu nunca vou ser o mesmo

Nunca serei o mesmo, yeah

Perdoe-me enquanto eu explodir em chamas
perdoe-me,perdoe-me,perdoe-me

Então, perdoe-me, enquanto eu explodir em chamas
Eu já tive o suficiente do mundo e dos jogos estupidos das pessoas
Portanto, perdoem-me, enquanto eu queimar e subir acima da chama
Perdoe-me, perdoe-me, eu nunca vou ser o mesmo

Perdoe-me
nunca mais serei o mesmo, yeah

Composição: Alex Katunich / Brandon Boyd / Chris DJ Kilmore / Jose Antonio Pasillas II / Michael Einziger · Esse não é o compositor? Nos avise.
Traduzida por SrtaCaah, Legendado por BerG e Adler
Viu algum erro na tradução? Envie sua correção.
Terra Música
feedback