Olha

Inédita

exibições 54

Olha!
A nova propaganda,
Veja as flores na varanda,
Tudo de bom pra se mostrar.
Queira o sorriso de Cassandra,
Olhe como ela anda.
E nessa terra quem é que manda¿
Quase tudo devagar.

A princípio no começo
Preocupamos-nos com o fim,
Ao redor de algo em vão
A emoção fala mais alto
Sem brechas para a razão.

Olha!
A nova cor do samba,
Um pop meio funk, meio rumba.
Uma geração desenfreada,
Queira os abraços dessa moça
Que quando aparece me enlouquece
Quase tudo sem controle.

Terra Música
feedback