Isle of Avalon

Iron Maiden

exibições 18.545

Isle of Avalon

I can hear them floating on the wind
Immortal souls their weeping saddens me
Mother earth you know your time is near
Awaken lust the seed is sown and reaped

Through the western isle I hear the dead awaken
Rising slowly to the court of Avalon
The cauldron of the head of Annwyn laced with envy
Dark around its edge with pearl and destiny

All my days I've waited for the sign
The one that brings me closer to isle of Avalon
I can feel the power flowing through my veins
My heart is beating louder, close to Avalon

I can hear you, can you hear me?
I can feel you, can't you feel me?
Fertility Mother Goddess
Celebration, sow the seeds of the born
The fruit of her body laden
Through the corn doll
You will pray for them all

The image of Mother Goddess
Lying dormant, in the eyes of the dead
The sheaf of the corn is broken
End the harvest
Throw the dead of the pyre

I hear her crying the tears of an angel
The voices I hear in my head
Blessed the fruits are the corn of the earth
Mother earth holy blood of the dead

[guitar solo]

Mother earth I can hear you
Sacrifice, now united

Rising levels of the tidal lakes protect them
Keepers of the goddess in the underworld
Holding powers of the mystics, deep inside them
nineteen maidens, guardians of the otherworld
Mortal conflict born of Celtic legend
That apart from seven, non-returned from Avalon

Mother earth I can feel you
My rebirth now completed

Fertility mother goddess
Celebration, sow the seeds of the born
The fruits of her body laden
Through the corn doll
You will pray for them all
The image of mother goddess
Lying dormant, in the eyes of the dead
The sheaf of the corn is broken
End the harvest, throw the dead on the pyre

To have the belief of others
Looking for the Isle to
Show them a sign
Fertility of all mothers
Stood in silence
Waiting now for their turn

The gateway to Avalon
The island where the souls
Of dead are reborn
Brought here to die and be
Transferred into the earth
And then for rebirth

I hear her crying the tears of an Angel
The voices I hear in my head
Blessed the fruits are the corn of the earth
Mother earth holy blood of the dead

The water in rivers and rhymes rises quickly
Are flowing and flooding the land
The sea shall return once again just to hide them
Lost souls on the Isle of the dead

Ilha de Avalon

Eu posso ouvi-los flutuando no vento
Suas almas imortais chorando me entristece
Mãe terra você sabe que seu tempo está próximo
Despertar cobiça a semente é semeada e colhida

Através da ilha ocidental ouço o acordar dos mortos
Subindo lentamente pelas cortinas de Avalon
O caldeirão da cabeça Annwyn atado com inveja
Escuridão em torno de sua borda com pérola e destino

Todos os meus dias eu espero o sinal
Aquele que me trará mais perto da Ilha de Avalon
Eu posso sentir o poder fluindo pelas minhas veias
Meu coração está batendo mais forte, perto de Avalon

Eu posso ouvir você, você pode me ouvir?
Eu posso sentir você, você não pode me sentir?
Fertilidade da Deusa Mãe
Comemoração, plantar as sementes dos nascidos
O fruto do seu corpo carregado
Através da boneca de milho
Você vai rezar para todos eles

A imagem da Deusa Mãe
Adormecidos, nos olhos dos mortos
O feixe do milho é quebrado
Fim da colheita
Jogue os mortos da pira

Eu escuto ela chorando lágrimas de um anjo
As vozes que ouço na minha cabeça
Abençoados os frutos são o milho da terra
Mãe da terra, santo sangue dos mortos

[Solo de guitarra]

Mãe terra, eu posso ouvir você
Sacrifício, agora unidos

Aumento dos níveis de maré lagos protegê-los
Guardiões da Deusa no submundo
Fixação de poderes místicos, profundamente
Dezenove donzelas, guardiões do outro mundo
Conflito mortal nasceu da lenda celta
Que, além de sete anos, não voltou de Avalon

Mãe terra, eu posso sentir você
Meu renascimento já completo

Fertilidade da deusa-mãe
Comemoração, plantar as sementes dos nascidos
Os frutos de seu corpo carregado
Através da boneca de milho
Você vai rezar para todos eles
A imagem da deusa mãe
Adormecidos, nos olhos dos mortos
O feixe do milho é quebrado
Fim da safra, lançar os mortos sobre a pira

Para ter a crença dos outros
Olhando para a ilha para
Mostre-lhes um sinal
Fertilidade de todas as mães
Ficou em silêncio
Esperando agora por sua vez

A porta de entrada para Avalon
A ilha onde as almas
Dos mortos renascem
Trouxe aqui para morrer e ser
Transferida para a terra
E, em seguida, para o renascimento

Eu escuto ela chorando lágrimas de um Anjo
As vozes que ouço na minha cabeça
Abençoados os frutos são o milho da terra
Mãe terra, santo sangue dos mortos

As águas dos rios e riachos sobem rápido
Estão fluindo e inundando a terra
O mar deverá voltar mais uma vez apenas para escondê-los
Almas perdidas na ilha dos mortos

Composição: Adrian Smith / Steve Harris · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por rafaelissibachi, Traduzida por MaidenGirl, Legendado por loucomeu
Viu algum erro na tradução? Envie sua correção.
Terra Música feedback