Coming Home

Iron Maiden

exibições 58.886

Coming Home

When I stand before you shining in the early morning sun
When I feel the engines roar and I think of what we've done
Oh, the bittersweet reflection as we kiss the earth goodbye
As the waves and echoes of the towns become the ghosts of time

Over borders that divide the earthbound tribes
No creed and no religion just a hundred winged souls
We will ride this thunderbird, silver shadows on the earth
A thousand leagues away, our land of birth

To Albion's land
Coming home when I see the runway lights
In the misty dawn the night is fading fast
Coming home, far away as their vapor trails align
Where I've been tonight, you know I will not stay

Curving on the edge of daylight til it slips into the void
Waited in the long night, dreaming til the sun is born again
Stretched the fingers of my hand, covered countries with my span
Just a lonely satellite, speck of dust and cosmic sand

Over borders that divide the earthbound tribes
Through the dark atlantic; over mounting stormy waves
We will ride this thunderbird, silver shadows on the earth
A thousand leagues away, our land of birth

To Albion's land
Coming home when I see the runway lights
In the misty dawn the night is fading fast
Coming home, far away as their vapor trails align
Where I've been tonight, you know I will not stay

To Albion's land
Coming home when I see the runway lights
In the misty dawn the night is fading fast
Coming home, far away as their vapor trails align
Where I've been tonight, you know I will not stay
Coming home, far away when I see the runway lights
In the misty dawn the night is fading fast
Coming home, far away as their vapor trails align
Where I've been tonight, you know I will not stay

Voltando Pra Casa

Quando estou junto a você brilhando na luz do amanhecer
Quando escuta o ronco dos motores e penso no que nós deveríamos ter feito
Olho a reflexão melancólico enquanto beijamos a terra pela última vez
Enquanto as ondas e os ecos das cidades transforma-se em fantasmas do tempo

Acima dos limites que dividem as tribos terrenas
Sem crença nem religião apenas centenas de almas voando
Vamos flutuar nesta maquina, sombras prateadas sobre a terra
Mil léguas de distância, o planeta em que nascemos

À terra de Albion
Voltando pra casa, quando vejo as luzes na pista
No amanhecer ou nublado a noite esta desvanecendo rápido
Voltando pra casa, longe os rastros de vapor se alinham
Onde estou esta noite, você sabe que não ficarei

Dobrando no limiar do amanhecer até escorregar para o vazio
Esperando na longa noite, sonhando até que o sol nasça novamente
Esticando os dedos da mão, países cobertos com minha palma
Apenas um satélite solitário, um grão de poeira na areia cósmica

Acima dos limites que dividem as tribos terrenas
Sem crença nem religião apenas centenas de almas voando
Vamos flutuar nesta maquina, sombras prateadas sobre a terra
Mil léguas de distância, o planeta em que nascemos

À terra de Albion
Voltando pra casa, quando vejo as luzes na pista
No amanhecer nublado a noite esta desvanecendo rápido
Voltando pra casa, longe os rastros de vapor se alinham
Onde estou esta noite, você sabe que não ficarei

À terra de Albion
Voltando pra casa, quando vejo as luzes na pista
No amanhecer nublado a noite esta desvanecendo rápido
Voltando pra casa, longe os rastros de vapor se alinham
Onde estou esta noite, você sabe que não ficarei
Voltando pra casa, quando vejo as luzes na pista
No amanhecer nublado a noite esta desvanecendo rápido
Voltando pra casa, longe os rastros de vapor se alinham
Onde estou esta noite,você sabe que não ficarei

Composição: Adrian Smith / Bruce Dickinson / Steve Harris · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por rafaelissibachi, Traduzida por Jack-Sama, Legendado por juliaway, cyydaaraujo e mais 1
Viu algum erro na tradução? Envie sua correção.
Terra Música feedback