The Number Of The Beast

Iron Maiden

exibições 766.176

The Number Of The Beast

"Woe to you, oh, earth and sea
For the devil sends the beast with wrath
Because he knows the time is short
Let him who hath understanding reckon
The number of the beast for it is a human number
Its number is six hundred and sixty six"

I left alone, my mind was blank
I needed time to think to
Get the memories from my mind

What did I see, can I believe
That what I saw that night was real
And not just fantasy

Just what I saw, in my old dreams
Were they reflections of my warped mind
Staring back at me

'Cause in my dreams, it's always there
The evil face that twists my mind and brings
Me to despair

The night was black, was no use holding back
'Cause I just had to see, was someone watching me
In the mist, dark figures move and twist
Was all this for real, or just some kind of hell
666, the number of the beast
Hell and fire was spawned to be released

Torches blazed and sacred chants were praised
As they start to cry
Hands held to the sky
In the night, the fires are burning bright
The ritual has begun, satan's work is done
666, the number of the beast
Sacrifice is going on tonight

This can't go on, I must inform the law
Can this still be real or just some crazy dream
But I feel drawn towards the chanting hordes
They seem to mesmerize
Can't avoid their eyes
666, the number of the beast
666, the one for you and me

I'm coming back, I will return
And I'll possess your body and I'll make you burn
I have the fire, I have the force
I have the power to make my evil take it's course

O Número da Besta

"Ai de vós, oh, terra e mar
Pois o demônio envia a besta com ódio
Porque ele sabe que o tempo é curto
Deixe aquele que compreende reconhecer
O número da besta porque é um número humano
Seu número é seiscentos e sessenta e seis"

Saí sozinho, minha mente estava vazia
Precisava de tempo para pensar e para
Tirar as memórias de minha mente

O que eu vi, posso acreditar?
Que aquilo que vi naquela noite era real
E não apenas fantasia

O que eu vi, nos meus sonhos antigos
Eram reflexos da minha mente distorcida
Olhando para mim

Porque nos meus sonhos, está sempre lá
A face do mal que retorce minha mente e
Me leva ao desespero

A noite estava negra, não dava para se esconder
Porque eu tinha que ver, alguém me observando
Na névoa, formas escuras se moviam e se retorciam
Tudo isso era real, ou só algum tipo de inferno?
Seis, seis, seis, o número da besta
Inferno e fogo nasceram para serem liberados

Tochas foram queimadas e cânticos sagrados foram louvados
Como eles começam a chorar,
Mãos erguidas ao céu
Noite adentro, os fogos queimavam brilhantemente
O ritual começou, o trabalho do satanás estava feito
Seis, seis, seis, o número da besta
Sacrifício está ocorrendo esta noite

Isto não pode continuar, devo informar a lei
Pode ainda ser real ou apenas um sonho louco?
Mas me sinto atraído pelas hordas que cantam o mal
Elas parecem hipnotizar
Não posso evitar seus olhos
Seis, seis, seis, o número da besta
Seis, seis, seis, o único pra você e pra mim

Estou voltando, vou retornar
Possuirei seu corpo e o farei queimar
Eu tenho fogo, tenho o poder
Eu tenho o poder para fazer o meu mal seguir adiante

Composição: Steve Harris / Stephen Percy Harris · Esse não é o compositor? Nos avise.
Legendado por kely, Arlan e mais 2
Viu algum erro na tradução? Envie sua correção.
Terra Música
feedback