Letras de músicas - Letras.mus.br

Milongando Versos Para Alguém Ausente

Jairo Lambari Fernandes

Das tantas saudades que entreveram o peito
Teu sorriso claro é o que mais eu clamo
Pois quando a solidão me atropela não tem jeito
O pensamento voa longe pra buscar quem amo

Por que será que a saudade quando chega
Destrama seus longos braços silentes
Talvez porque seja mãe dessas tristezas
Que a solidão apresilha, na alma da gente

Por que será que tua ausência ainda me desalenta
E faz sangrar de meus olhos , teu nome
Bem certo é que o tempo não cura certas feridas
Riscadas num coração, que aos poucos se consome

O peito entende bem o que a alma quer e precisa
E mesmo estando turva, jamais perderá teus rastros
Embora existam brumas que inebria em minhas retinas
Basta apenas sonhar pra me reencontrar em teus braços

Há tantas saudades que entrevero ao peito
Mas perder o teu abraço, é bem mais que um castigo
Pois quando o inverno chegar repontando as geadas
Somente em teu colo é que encontrarei abrigo

É triste sentir saudades com gosto de magoa
Com o coração povoado, pelo vazio de uma ausência
A solidão é um rio sem remansos no coração
Que quando se perde no peito, ganha forma de uma lágrima

Por que será que tua ausência ainda me desalenta
E faz sangrar de meus olhos , teu nome
Bem certo é que o tempo não cura certas feridas
Riscadas num coração, que aos poucos se consome

O peito entende bem o que a alma quer e precisa
E mesmo estando turva, jamais perderá teus rastros
Embora existam brumas que inebria em minhas retinas
Basta apenas sonhar pra me reencontrar em teus braços

3.640 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais