Letras de músicas - Letras.mus.br

Así eres

Las rosas muertas esperan frente al espejo
regalan belleza con color añejo
querer terminar con lo que soy y poder olvidar
bajo tierra o en la ceniza se que me abrazará

Abrir mis cadenas de fria en la arena
ver en el aire y rasgar mis venas
asi sientes, asi lloras, asi tienes tu dolor
asi eres, asi piensas, asi olvidas tu dolor

Vida, por que no puedo sentir
no tengo perdón por existir
Vida, solo tu sabes bien lo que te quiero decir

Abrir mis cadenas de fria en la arena
ver en el aire y rasgar mis venas
asi sientes, asi lloras, asi tienes tu dolor
asi eres, asi piensas, asi olvidas tu dolor

Asi sientes, asi lloras,
asi tienes tu dolor
asi eres, asi piensas,
asi olvidas tu dolor

Asi sientes, asi lloras,
asi tienes tu dolor
asi eres, asi piensas,
asi olvidas tu dolor

É Assim

As rosas mortas esperam na frente do espelho
Revelam sua beleza com uma cor antiga
Querer acabar com o que sou e poder esquecer
Que me abraçará no subterrêneo ou nas cinzas

Abrir as minhas prisões frias na areia
Ver no ar e rasgar as minhas veias
Assim sente, assim chora, assim tem sua dor,
É assim, assim pensa, assim esquece sua dor

Vida, por que não posso sentir?
Não tenho perdão por existir
Vida, só você bem sabe o que quero te dizer!

Abrir as minhas prisões frias na areia
Ver no ar e rasgar as minhas veias
Assim sente, assim chora, assim tem sua dor,
É assim, assim pensa, assim esquece sua dor

Assim sente, Assim chora
Assim tem sua dor
É assim, assim pensa,
Assim esquece sua dor

Assim sente, Assim chora
Assim tem sua dor
É assim, assim pensa,
Assim esquece sua dor

Composição: Sabe quem é o compositor? Envie pra gente.
Enviada por VERGINIA
Traduzida por Fagner
4.086 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais