Letras de músicas - Letras.mus.br

No Hay Paredes

Quiero llevarte a todo lugar conmigo
Quiero que entre la gente seas conocido
Yo de Ti no me averguenzo, eres mi Dios

Quiero llevar tu voz por todo camino
Y de tu amor hablar con desconocidos
Al lugar donde trabajo
A la escuela y donde viajo
Te quiero llevar

Fuera del templo y la religion
Por todo el pueblo y toda region
Entre las gentes que vagan hoy
Sin rumbo fijo sin direccion
Entre las plazas de mi ciudad
En donde hay tanta necesidad
Por todas partes te llevare
Pues no hay paredes que te puedan esconder

Quiero que en todas partes estes conmigo
En mis conversaciones con mis amigos
Quiero que tu seas el centro de atencion

Quiero que seas el punto de referencia
Y caminar conciente de tu presencia
Al hacer un comentario
En mis platicas a diario tu debes estar

Fuera del templo y la religion
Por todo el pueblo y toda region
Entre las gentes que vagan hoy
Sin rumbo fijo sin direccion
Entre las plazas de mi ciudad
En donde hay tanta necesidad
Por todas partes te llevare
Pues no hay paredes que te puedan esconder

Fuera del templo y la religion
Por todo el pueblo y toda region
Entre las gentes que vagan hoy
Sin rumbo fijo sin direccion
Entre las plazas de mi ciudad
En donde hay tanta necesidad
Por todas partes te llevare
Pues no hay paredes que te puedan esconder

Mi amigo siempre tu seras
Conmigo siempre tu estaras
Conmigo yo te llevare
A cualquier lugar

Não há paredes

Quero levar-te a todo lugar comigo
Quero que entre as gentes sejas conhecido
Eu de Ti não me envergonho, és o meu Deus

Quero levar tua voz por todo caminho
E de teu amor falar com desconhecidos
Ao lugar onde trabalho, à escola,
e onde viajo
Te quero levar

Fora do templo e da religião
Por todo o povo e toda região
Entre as gentes que vagam hoje
Sem rumo fixo sem direção
Entre as praças de minha cidade
Em onde há tanta necessidade
Por todas as partes te levar
Pois não há paredes que te possam esconder

Quero que em toda parte estejas comigo
Nas minhas conversas com meu amigos
Quero que Tu sejas o centro das atenções

Quero que sejas o ponto de referência
E caminhar consciente de Tua presença
Ao fazer um comentário
Em minhas práticas do dia-a-dia Tu deves estar

Fora do Templo e da religião
Por todo povo e toda região
Entre as gentes que vagam hoje
Sem rumo fixo sem direção
Entre as praças de minha cidade
Em onde há tanta necessidade
Por todas as partes te levar
Pois não há paredes que te possam esconder

Fora do Templo e da religião
Por todo povo e toda região
Entre as gentes que vagam hoje
Sem rumo fixo sem direção
Entre as praças de minha cidade
Em onde há tanta necessidade
Por todas as partes te levar
Pois não há paredes que te possam esconder

Meu amigo tu sempre serás
Comigo sempre Tu estarás
Comigo eu te levarei
A qualquer lugar

Composição: Jesús Ádrian Romero · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Patrick
Traduzida por Ingra
Legendado por marcelsartori
13.900 exibições
Ver mais fotos
Ainda não temos letras de Jesús Adrián Romero. Se você tiver, envie para o site e compartilhe com outras pessoas.
Se estiver procurando cifras, tablaturas ou partituras confira no www.cifraclub.com.br/jesus-adrian-romero
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais