Disgramou o Goiás

João Carreiro e Capataz

exibições 2.084

Disgramô o Goiás!
Disgramô o Goiás!
A muié foi embora
E, dessa vez, disgramô o Goiás

Sou bom de viola
Não tenho boi na invernada
Nem caminhonete importada
mas tinha uma vida boa
Mas, de repente, foi grande a minha perda
Cismei de pular a cerca
Briguei com a minha patroa

Ela me deixou
Eu fiquei assim de bar em bar
tomando cachaça pra disfarçar
Outra muié não me satisfaz

Tô que nem cachorro de porta em porta
querendo o dono
Tô baqueado nesse abandono
pois dessa vez disgramô o goiás

Disgramô o Goiás!
Disgramô o Goiás!
A muié foi embora
e, dessa vez, disgramô o Goiás

Semana passada, eu estava num barzinho
tomando ali chopinho
Quando vi passar, na rua
A minha ex estava acompanhada
Sorrindo toda abraçada
E a saudade continua

Já tomei cerveja, já mandei pinga e não resolveu
Paixão, em mim, chegou e bateu
Nem sei porque fui amar demais
Vou encher a cara
Vou dar trabalho
Vou dar fiasco
Eu tô berrando que nem boi no pasto
pois dessa vez disgramô o Goiás

Disgramô o Goiás!
Disgramô o Goiás!
A muié foi embora
E dessa vez, disgramô o Goiás

Terra Música
feedback