No Rincão da Maçanilha

João Luiz Corrêa

exibições 1.733

"Não demo bola"
Se a cincha for pra virilha
No rincão da maçanilha
Ta bom demais o retoço
Eu me entrevero
Arrodeando com o chinaredo
Sou xirú dos que dá um dedo
Num bate-coxa de grosso

Sentei as garras
Numa morena fumaça
E fiz ringir a carcaça
Na fivela da guaiaca
Na moda antiga
Sou vaqueano sei o jeito
De juntar peito com peito
Lidando co'a parte fraca

O gaiteiro um índio osco
Meio encharcado de canha
Golpeando uma gaita fanha
Lá num canto do galpão
O povaréu arrodeava
Quando algum baixo trancava
Parecia mamangava
Na cordeona de galpão

A lei do rancho
É proibido dar carão
Se ta dentro do salão
Não pode refuga macho
Eu já vi china
Meio metida à baguala
Deixar a clina na sala
Na xerenga de borracho

Também vi macho
Sai troncho sem "oreia"
Por bulir em tianga alheia
Foi o filho da siá Manoela
Que certa feita
Mexeu com dona Lorena
O marido meio ventena
Lhe passou a faca na goela

Terra Música
feedback