Central

John Frusciante

exibições 16.859

Central

I'm central to nowhere
Thinking of sweeping it clean
When we choose to go, were
Losing more than just our surroundings

I've gone around the sides
Of this universe, as it stands
Outside the limits of all existence
Where light never ends

We should be grateful to the gods!
Whoever they're real to they are
I value my placement as in hell
Remember that moment that I fell?

Anything that could one day be
Is as real as what I'm saying
If something is nothing, it must not be
Something in any possible way

Lo-lo-lose yourself in the far off worlds
That are right under your feet
Switch below with above
All the way up into infinity

We should be thankful who we are!
Whether we know ourselves or not!
Walking alongside myself
Neither of us listens very well

I'm dreading a time that is not near
As a man on cross I have no fear
I can't believe these words I'm saying
You gotta feel your lines!
You gotta feel your lines!

Central

Eu sou a central para lugar algum
Ponderando sobre deixar isto limpo
Quando escolhemos ir, estamos
Perdendo mais do que apenas os nossos arredores

Estive além das bordas
Deste universo, tal como ele está
Fora dos limites de toda a existência
Onde a luz nunca cessa

Devemos ser gratos aos deuses!
A quem quer que eles sejam reais
Valorizo minha posição como no inferno
Lembra-se daquele instante o qual eu caí?

Qualquer possibilidade que um dia possa existir
É tão real quanto o que estou falando
Se algo é nada, logo não deve ser
Algo, de forma alguma

Perca-se em mundos distantes
Que estão logo abaixo de seus pés
Troque o baixo pelo alto
De uma vez, até a infinidade

Deveríamos ser agradecidos por quem somos!
Quer conheçamos a nós mesmos ou não!
Andando adjacente a mim mesmo
Nenhum de nós escuta muito bem

Estou temendo uma época que não está próxima
Como um homem na cruz eu não temo
Não posso crer nas palavras que estou dizendo
Você tem que sentir as suas falas!
Você tem que sentir as suas falas!

0 comentários
Terra Música feedback