Silêncio de Deus

Jonatas Ribeiro

Meus pais me disseram que sábios não falam muito,
Que ao invés de falácias preferem a eloquência dos atos,
Falácia sem freio é virtude pros tolos,
Atuar em silêncio é a gloria de poucos...

Se o senhor tem ficado em silêncio, pode ser a linguagem do amor,
Em um mundo que é tão barulhento, seu silêncio pode ser o favor,
Eu aceito senhor teu silêncio e o sigilo dos teus planos pra mim,
Entendi que ao invés de falácias, por ser sábio tu preferes agir,
Em silêncio...

Ainda que falte à figueira, os frutos do campo,
Que a seca desfaça a colheita, frustrando os meus planos,
Ainda que falte resposta ao clamor,
Eu me alegro em viver as razões do senhor...

Se o senhor tem ficado em silêncio, pode ser a linguagem do amor.
Em um mundo que é tão barulhento, seu silencio pode ser o favor,
Eu aceito senhor teu silêncio e o sigilo dos teus planos pra mim,
Entendi que ao invés de falácias, por ser sábio tu preferes agir (2x).

Em silêncio!

Por ser sábio tu preferes agir, em silêncio.

Composição: Jonatas Ribeiro e Maranata Joquebede · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Willis
10.898 exibições
Ver mais fotos

Comentários


Quem curte?

Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais